Kimi Räikkönen Fansite

Ana Lú

Artigo do Heikki Kulta

Fonte: We Love Kimi | Créditos: Turun Sanomat / Tradução Fin-En: Nicole / Port. The Iceman Brasil – Do Team

Confira abaixo o artigo do Heikki Kulta traduzido pelo Team do The Iceman Brasil.
O
repórter finlandês foi atrás da opinião de pilotos, engenheiros e
chefes de equipes para saber se eles acham que Kimi retornará a F1.
Button, Vettel, Webber, Heidfield, Kubica, Kovalainen, Rosberg e até os
dois pilotos que eu mais odeio na F1, "
El Banco" e Massarico, Oops!! Alonso e Massa falaram sobre o Iceman e as possibilidades dele voltar a F1.


Um ano atrás, depois de Grande Prêmio
de Cingapura, a Ferrari anunciou que havia rompido o contrato assinado
para esta temporada com Kimi Räikkönen. Agora eles estão ponderando no
paddock de Cingapura o retorno de Räikkönen para a F1 em 2011.


O Turun Sanomat perguntou sobre suas chances a pessoas que trabalharam com ele e a pessoas que já correram com ele.

Peter
Sauber, foi o chefe de equipe que contratou o o talentoso finlandês de
21 anos de edade diretamente da Fórmula Renault-serie para F1 em
2001. Sauber levantou as mãos quando lhe perguntei o quão realista
parece o retorno de Räikkönen para a F1.



Eu não tenho absolutamente nenhuma idéia, eu realmente não sei. Claro
que poderia ser possível após um ano no rali. Caso contrário eu não
teria contratado Nick Heidfeld.


– Pessoalmente, eu ficaria muito feliz se o Kimi voltasse. Eu gosto desse cara. Ele é tão diferente e talentoso, disse Sauber.

Heidfeld foi o primeiro companheiro de equipe de Raikkonen . Qual a sua reação sobre possível retorno de Kimi?


Se o Kimi quer isso, então tenho certeza que ele poderia fazer isso
sem o menor problema. Eu fiquei afastado por um tempo e eu acredito que
eu posso fazer isso também.


– Em qualquer caso um ano de ausência do Kimi não é o mesmo que os três anos de Michael Schumacher, disse Heidfeld.


Jenson
Button foi um dos jovens talentos que a família Robertson trouxe à F1
junto com Räikkönen. Button não acha que ainda verá seu companheiro de
corridas nas pistas de GPs.



Eu não acho que Kimi gosta deste esporte tanto para querer retornar.
Pelo menos não parecia assim no ano passado. Também seria difícil
porque Kimi iria querer é claro pilotar um bom carro.



Kimi parece gostar do rali e até voa lá às vezes. Mas se o próprio
Kimi quisesse retornar, acho que não teria problemas com isso, ele
pilotaria justamente como antes, diz Button.


Chris Dyer trabalhou como engenheiro de corrida de Räikkönen na Ferrari, quando a dupla fez milagres em 2007 ao vencer o WDC.

O
estrategista da Ferrari conhece as habilidades e talento de Räikkönen
para se adaptar, mas pelo outro lado, ele também sabe de seu amor pelo
rali.


– Seria uma
surpresa se Kimi voltasse à F1. Você pode ver em seu rosto o quanto ele
gosta do rali. Acho que os agentes estão mais interessados no retorno
do que ele.


– Em si
mesmo, o retorno de um piloto do nível de Kimi seria fácil. Um ano não é
muito. Também seria uma vantagem para ele quando os outros têm que se
acostumar aos novos pneus Pirelli. E Kimi também já sabe usar o botão
de KERS bem.


E a atitude de Räikkönen em relação à pilotagem na F1?


Eu nunca notei, em nenhum momento, que Kimi parecesse menos
interessado do que de costume. Ainda assim, não importa. Conheço Kimi
tão bem que sei que ele vai fazer exatamente o que ele quer no ano que
vem e não quero começar a adivinhar para um lado ou para o outro, disse
Dyer.


Fernando Alonso balançou a cabeça quando questionado sobre as chances de Kimi retornar.

– Não tenho a menor ideia. Nós pilotos sempre queremos fazer o que achamos melhor para nós.

Felipe Massa teve a mesma opinião.


Kimi parece gostar mais do rali do que da F1. Pessoalmente, eu nunca
iria para o rali. Não me atrai. Só o próprio Kimi sabe o que ele quer,
disse Massa.


Robert Kubica, da Renault, pode se tornar o companheiro de equipe do finlandês caso ele decida voltar à F1.


Qualquer coisa é possível na F1. Se Kimi decidir voltar tenho certeza
que todo mundo vai fazer ele se sentir bem-vindo de novo. Não seria
difícil para ele se adaptar a tudo isso de novo, porque o rali é
completamente diferente.



Mas não sei sobre os planos de Kimi. Se eu fosse Kimi, eu ia querer
ficar no rali, mas eu não digo isso porque quero que ele fique longe,
eu digo porque eu sei como é ótimo um carro WRC e pela minha natureza,
se fosse Kimi eu escolheria o rali.


Nico
Rosberg, que testemunhou de perto a dificuldade de Schumacher em seu
retorno, tem certeza que Kimi não teria problemas se voltasse.



Sei que Kimi gosta de pilotar carros de F1. O retorno certamente seria
muito fácil. Se Kimi aceitaria que ele não ganharia tanto dinheiro
como está acostumado, é uma coisa diferente. Se ele exigir o mesmo
salário de antes, acho que não veremos mais ele por aqui, diz Rosberg.


Webber não acredita na possibilidade de Kimi retornar à F1.


Kimi já aprendeu muito no rali. Tenho certeza de que seria melhor para
ele aproveitar isso no ano que vem, porque ele não gosta das tarefas
que temos que realizar na F1 fora das pistas. No rali, Kimi já
percorreu metade do caminho.



Tenho certeza que Kimi gostaria de pilotar carros de F1, mas no fim do
dia eu não acho que isso o motive da mesma forma que antes, pensa
Webber.


– Eu amo rali, e
sempre acompanhei. É tão difícil. Eu sei o que significam as notas – e
nossa… não estou rindo nem um pouco das dificuldades que Kimi tem
tido, disse Webber.


Vettel é direto e diz que sente falta de Räikkönen e quer ele de volta.


Pessoalmente, eu ficaria realmente feliz se Kimi pilotasse na F1 de
novo. Eu acho que ele é um dos melhores pilotos e um dos meus favoritos
de toda a galera da F1.



Um ano no rali não tirou um centímetro da competitividade de Kimi. Eu
acho que Kimi vai voltar se ele tiver 100% de chance de lutar pelo WDC,
diz Vettel.


Heikki Kovalainen também ficaria contente se Kimi voltasse.


Seria legal ver como ele iria ainda. Um ano no rali não prejudica se
Kimi estiver motivado para pilotar na F1. É claro que também depende de
que tipo de carro ele conseguiria porque parece que todas as equipes de
ponta estão fechadas. Tenho certeza de que Kimi tem desafios mais do
que suficientes no rali também se ele decidir ficar por lá.


Aki Hintsa, da McLaren, que também já foi o médico da família de Räikkönen é impiedoso ao falar da linha do tempo.


Se Kimi quer voltar, ele deve voltar agora. Seria possível ainda em
2011, mas depois disso ele não tem chances. O trem parte e ninguém o
alcança. Você pode ver isso no retorno de Michael Schumacher. Kimi não
ficou longe o mesmo tempo que Schumi. Ainda seria diferente, diz Hintsa.



O fator crucial é que não há nada que nenhum de nós possamos fazer
quando se trata de idade humana – não importa o quão talentoso você
seja. Quanto mais você passa dos 30 anos, mais sua velocidade de reação
diminui e a habilidade de aprender algo novo se torna cada vez mais
difícil. Há algo novo nestes carros o tempo todo, então a equação muda e
quanto mais muda, mais é menos, resume Hintsa.

Nem sei o que dizer, todos sabem minha opinião: Quero que o Kimi continue no WRC.
Bjus, Ana Lú ☺

Anúncios

GP de Cingapura e Chá da Tarde com Kimi Räikkönen

Fonte: We Love Kimi


Pacote para o Grande Prêmio de Cingapura 2010 inclui Chá da Tarde privado com Kimi Raikkonen!

A agência St. Regis está vendendo um pacote luxuoso para o GP
Cingapura. O programa inclui também a opotunidade de ficar cara a cara
com Kimi Raikkonen! Você terá a chance de tomar um chá da tarde privado
com Kimi Raikkonen ou David Coulthard.

Quem estiver interessado e tiver uma pequena furtuna disponivel, mais informações aqui.

Esse pacote é tipo T-U-D-O!!!
Ah se eu pudesse e meu dinheiro desse… hehehehe

Bjus, Ana Lú ☺


“Raikkonen quer voltar à F1 por causa de dinheiro” por Livio Oricchio

Fonte: Livio Oricchio | Octeto

Raikkonen quer voltar à F1 por causa de dinheiro

Livio Oricchio, de Nice

Nas
próximas semanas a equipe Renault terá de tomar uma decisão importante:
aceita Kimi Raikkonen como o companheiro de Robert Kubica, em 2011, e
lhe paga also semelhante ao estabelecido no contrato do polonês, cerca
de US$ 5 milhões, ou lhe diz “não, obrigado”. Raikkonen se ofereceu
para correr no time francês. Mas o que estaria por detrás de iniciativa
tão surpreendente, já que o finlandês tinha apenas elogios para o
Mundial de Rali, onde corre pela Citroen?


A
resposta é bastante simples: dinheiro. Raikkonen vem de uma série de
temporadas em que recebia US$ 25 milhões da Ferrari. Este ano, como o
time italiano o substituiu por Fernando Alonso, o campeão do mundo de
2007 ganhou a metade para não correr. Como sempre se interessou por
rali, pois esse esporte faz parte da cultura de seu país, Raikkonen
aceitou o convite da Citroen para competir no seu time júnior,
patrocinado pela Red Bull. Recebe também algo, mas se chegar a US$ 1
milhão é muito. É seu primeiro ano, não se pode cobrar muito dele. Mas
tem se acidentado demasiadamente.


O
universo do rali é bem menos milionário que o da Fórmula 1. O notável
piloto francês Sébastien Loeb, também da Citroen, vence o Mundial
seguidamente desde 2004, são seis títulos seguidos. E não recebe o que
Raikkonen vai ganhar na Renault se lhe pagarem os US$ 5 milhões de
Kubica.


O problema do
finlandês é que em 2011 não terá mais os US$ 12,5 milhões que a Ferrari
lhe paga este ano para não fazer nada. E alguém que passa a ter um
nível de vida elevado como o seu precisa sempre de receita para no
mínimo pagar as imensas despesas que esse padrão impõe. O que o rali
pode lhe pagar não satisfaz. Daí a alternativa Fórmula 1, onde o
dinheiro corre bem mais solto.


Mas
na hipótese de tudo dar certo e Raikkonen tornar-se companheiro de
Kubica, o desafio profissional que o aguarda é imenso. O polonês é um
dos mais capazes da nova geração e Raikkonen, já no ano passado, deu
mostras de não ser o brilhante piloto do título de 2007. Acompanhar
Kubica será bastante difícil para o finlandês, o que poderá arranhar
sua imagem, já desgastada depois das temporadas fracas de 2008 e 2009
na Ferrari, daí ser dispensado, mesmo tendo contrato para este ano.

Tive que me controlar muito pra não chamar esse Senhor que
se diz jornalista de todos os palavrões do mais baixo escalão que eu conheço.
Dizer que Kimi Matias Räikkönen quer voltar a F1 pela Renault por dinheiro só
pode ser uma bela palhaçada. Primeiro que o que Kimi menos precisa é dinheiro
e ele jamais se sujeitaria a esse tipo de coisa.

Antes de falar que o Kimi não está se saindo muito bem no Rali e dizer:
"Mas trem se acidento demasiadamente" procure acompanhá-lo no Rali,
rali não é um
esporte fácil a até quem já tem muita experiência no rali está sujeito a
acidentes, Kimi para um iniciante tem se saído muito bem.

Quanto ao problema de "ter sua imagem arranhada" caso corra com o
Kubica pela Renault ano que vem, pode ficar tranquilo, se isso acontecer
o que eu duvido muito, Kimi tem talento a capacidade suficiente para se sair
bem, por que quem levou um F-60 que mal andava a 5 pódios e uma vitoria ano
passado, quando segundo o Senhor ele estava desmotivado e não mostrava ser o
campeão de 2007, pode e é capaz de fazer qualquer coisa.

O Senhor que se diz um jornalista, deveria conhecer melhor a pessoa sobre quem
escreveu esse texto RIDICULO, e deveria ter vergonha das idiotices que escreveu
de pessoas como o Senhor eu tenho pena.


Bjus, Ana Lú ☺


O Sorriso mais lindo do Mundo!

Fonte: YouTube – abiancamoura




Não tenho nada o que dizer com relação a esse video, simplesmente lindo…
The
most beautiful smile in the world

Bjus, Ana Lú ☺


Kimi Räikkönen e seus imóveis

Fonte: Seiska/ Tradução para Inglês: Nicole (F1 Racing Forums)/ Tradução: Ludy – Octeto

Esta é a nova "cabana" de um milhão de euros de Kimi!


Kimi Räikkönen, 30 anos, comprou uma "cabana’ por um milhão de euros da Nilsiä Tahkovuori Golden Resort.

A vila tem mais de 200 metros quadrados: quatro quartos, terraço, sauna, grandes salões e uma grande sala de estar.

Kimi é um hóspede conhecido nas corridas de motor sledge em Tahko. Ao lado da vila de Kimi há um campo de golf.

Imóveis ao redor de todo o mundo

Com a vila em Tahko Kimi já possui seis imóveis.

2. Kimi e sua esposa Jenni
Dahlman-Räikkönen, 28 anos, vivem oficialmente na Suíça, na vila Bar. A
casa deles tem o nome de Villa Butterfly e está estimada em mais de 20
milhões de euros.

3. Kimi estava vendendo por 4 milhões de euros a casa em Wollerau que ele possui desde 2002.

4. Kimi possui uma grande vila em Porkkala, Kirkkonummi.

5. A casa localizada em Helsinque está à venda por 14,5 milhões de euros.

6. Kimi comprou um apartamento na Tailândia, em Phuket, há mais de um ano. Ele está avaliado em quase 700.000 euros.

Só umas dessas humildes casinhas do Kimi ja me fariam feliz… hehehehe
Bjus, Ana Lú


O atual grid é o melhor da história da F1?Talvez.Mas pode ser ainda melhor em 2011,se Raikkonen voltar

Fonte: Folha Online – Blogs – Fábio Seixas

Timaço

"Não
tenho pressa em tomar uma decisão. Teremos que ver as possibilidades e
então decidirei o que é mais interessante, o que me dá mais prazer e o
que realmente eu quero fazer."
 
Este, Raikkonen, falando sobre os planos para 2011. Ou sobre a falta deles.

Dia desses, num artigo para a "Autosport", Tony Dodgins defendeu que o atual grid é o melhor da história da F-1.
 
Talvez seja mesmo.
 
Alonso,
Schumacher, Vettel, Hamilton e Kubica formam um timaço de raríssima
qualidade. Tente, numa mesma temporada, encontrar cinco pilotos de tão
alto nível. Dois, três, quatro, até vai. Mas cinco? É difícil.
 
E se torço para algo na F-1, é para o bem do esporte.
 
Torço, então, para que esta turma se reforce em 2011. Para que Raikkonen se decida. Tome o caminho de volta, enfim.

Escrito por Fábio Seixas às 14h54


Apoio 100%!!!

Ana Lú


Relax with Kimi Räikkönen funny quotes

Fonte: AudiBlog.net

We all know that Kimi is one of those “What ever happens, happens”
drivers, but as we look a selection of his quotes, we are more and more
amazed at what this guy can say. When you are a Formula 1 driver, a job
title that involves media, team, crew, racing and all other factors
that combined put a lot of stress on an individual, you cannot be this
relaxed about it? Or can you? Read some of the selected Kimi , and find
out for yourself here.

  • Montoya’s success in NASCAR? – It doesn’t even interest me.
  • Will these tyres benefit your driving style? – I don’t know and it doesn’t mean anything to me. Tyres are what they are.
  • What advice would you give to the rookies Nico Rosberg and Scott Speed? – I hope that they are good in giving way.
  • Do you think that the speed is good at this point? – It doesn’t
    matter how much behind the others we are at this point. The car will
    anyway be rebuilt before Australia. Now we just drive around.
  • Media’s interest in Kimi after the WC? – They have thrown a lot of shit on me but I think that I’ll get even more of it now.
  • Schumacher’s role : – He doesn’t come and tell us drivers anything. And at least I don’t need his advice.
  • Montoya’s points: – If he believes in it, he can believe. I’m not interested in what happens behind me.
  • Gossip Media asks how are you prepared for the season? – I usually get to read from your magazines what I have done.
  • Montoya’s tennis accident: – We don’t call and I’m not interested in what he does.
  • If the army would be volunteer I wouldn’t go there – Kimi about women in army
  • Austria 2002: – I haven seen it. I’m not the least bit interested in what Ferrari did.
  • Raikkönen isn’t affected by Alonso’s mental games. – I couldn’t
    care less what that man thinks.Weather conditions: – It’s all the same
    if it rains or not.
  • Season 2006: – It doesn’t interest me yet what is going to happen. You’ll see it then.
  • An Italian interviewer tries to get Kimi to say something in Italian. – You can talk Italian if you want to.
  • Ferrari event 2007: – I’m not going to a language school to learn Italian, that’s not what I came to do at Ferrari.
  • Kimi, what’s the 5th grid place like? – It’s the 5th grid place.
  • Ferrari party: – Ferrari’s own parties are the nicest. There are
    all the crew and their children. I don’t know exactly what I will do
    there. Maybe I will be Santa. Other parties are official and boring.
  • Asked to reveal how many pounds or kilograms he shed: – I don’t
    know. I haven’t got scales. I am happy as long as we are okay with the
    overall weight, that’s all that matters.
  • Party at the President’s castle: – I think I will skip the dancing part. Maybe someone else dances with Jenni if she wants.
  • Party at the President’s castle: – Ah, go and interview Mikko Leppilampi. He likes to talk.
  • Kimi, what is your feeeling before the race? – It’s allright.
  • French GP 2002: – xxxx race.
  • Hungarian GP 2007: – Boring race.
  • OHO!-magazine number 46/2006: – I read somewhere that I drive with the luck of a drunk.
  • Opinion of Ron Dennis: – He’s strange now and then. He always wants to know everything. He doesn’t interest me.
  • My life would be much more easier had I been a f1-driver in the 70’s with the guys. I was definitely born in the wrong ERA.
  • What makes TAG Heuer special? – It’s ok.
  • Kimi, you speak a little bit? – Yeah, one two.. three..
  • What kind of an atmosphere do you think McLaren has right now (the spy saga)? – I bet it’s fucking great.
  • The Constructor’s Championship doesn’t really mean anything to me.
  • I’m not interested in what Jackie says. He hasn’t got anything to do with me.
  • Coulthard can say what he wants. I’m not interested in what he’s saying.
  • I don’t give a damn about what Trulli says.
  • Montoya’s comments doesn’t interest me.
  • It doesn’t matter what he says. (Kimi about Hamilton’s defences after Canada GP)
  • I’ve seen him (Schumacher) twice: when the car was displayed and
    in one testing he came to but I left almost immediately after that.
  • You don’t drive races on paper.
  • Driving is the only thing I love about f1.
  • If there’s a red light when you leave the pitlane you have to
    stop. Then some wooden eye (Hamilton) crashes into you and breakes the
    car.
  • What the papers write about me afterwards makes me laugh.
  • Formula 1 would be a paradise without the media.
  • I’m not interested in what people think about me. I’m not Michael Schumacher.
  • The circuit broke totally. Every year same thing happens. They
    promise to fix it. They probably should hire the guys from Lemminkäinen
    (Finnish asphalt company) to fix it.
  • How does it feels to drive at 300 km/h? – It feels normal.
  • Your idols? – There aren’t any.
  • What kind of a relationship do you have with Peter Sauber? – He is my boss.
  • Is he a father figure or a god father? – He is my boss.
  • The helmet has a special meaning for many drivers. How important is it to you? – It protects my head.
  • Do you have any special rituals when the helmet is concerned like many have? – I wipe it so that I can see better.
  • What would you if you met an alien, run away out of fear or try to
    talk to him? – The problem won’t arise so I don’t imagine meeting one.
  • What do you have to do to become one of your friends? – I’ve got
    my friends and that’s enough. I’m not on the lookout for new ones.
  • Others can sit in the simulators if they want. I´m here to drive.
  • I couldn’t do anything more. Alonso keeps finishing second, so we
    just need to do the best we can. You never know what might happen in
    these races.
  • Kimi, who was on the phone that Jean Todt gave you? – I think it
    was Michael (Schumacher), but the line was pretty bad so I couldn’t
    hear him.
  • Martin Brundle: “Kimi Raikkonen doesn’t seem interested in the
    proceedings going on up there. Kimi, you missed the presentation by
    Pele.”
    Kimi (nonchalantly): “Yeah.”
    Martin: ”Will you get over it?”
    Kimi: “Yeah. I was having a shit.”
    Martin: “OK, thanks for that! Obviously you’ll have a nice light car on the grid, then.”
  • Interview after Monza 08 (Kimi again failed to score any point) Are you satisfied with the result? – Do you think I am?
  • It’s nice to get the championship trophy from Monaco. I haven’t
    been interested in that party before, but after I got the first place,
    my party feelings are high.
  • Does Michael Schumacher’s presence bother you during the races? –
    Why would it bother? Why should I care about Michael? I’m a driver, so
    it means nothing if he’s there or not.
  • Well, in summer there’s fishing and fucking. And in winter… the fishing is bad.
  • Describe yourself. What are you made of ? – Blood, flesh and bone like everybody else!
  • Party at the President’s castle:
    Kimi, good independency day!
    Thanks.
    Are u feeling excited?
    No.
    What will you say to the president?
    I don’t know. We’ll see.
    Do you think president have watched your races?
    I don’t know, probably at least some from tv.
    Kimi and Jenni…..
    I have nothing to say really.
    I would have just wished u a happy independency day.
    No, I’m not excited, I think this is pretty normal stuff.
    When did you come to Finland?
    This morning.
    Happy evening for you then, how was the night?
    Was ok, but quite short yet, there’s a lot job left to do.
    Did you say anything to the president?
    Yes, I did say morjensta.
  • How often do you have Finland on your mind when you are abroads
    and racing?-Mainly when I hear the national song after a victory. In
    other situations during the weekend I wont spend time thinking that I’m
    from Finland. Not that I would in general think much about my home
    country anyway.
  • Interviewer: The most exciting moment during the race weekend?
    Kimi: I think so it’s the race start, always.
    Interviewer: The most boring?
    Kimi: Now.
  • Suddenly the steering wheel was in my hands. I tried to put it
    back on, but it was too late. I was just wondering where I was going to
    end up.
  • Is it true that sometimes you’re bored in the car?
    Only when I am in front by a country mile, like in Melbourne last year.
    Then you are thinking about other things or you’re playing with the
    buttons on the steering wheel. Then I suddenly missed a braking point.
    This year unfortunately we haven’t had such race.
  • Bernie Ecclestone complains about Raikkonen being few wordish in
    front of the press – Everyone has their own opinions. I don’t care much
    about what other people say about me. Raikkonen respons when asked
    about Ecclestones comments.
  • I will just have try my best and drive as fast as I can. There is nothing I can do about it.
  • The interesting thing will be to see what the weather will do
    tomorrow. I lost my mirror during the final qualifying session but
    didn’t notice it, and it had no effect. Now we will see what happens in
    the race.
  • I don’t know. I think we have something new on the car but I
    wasn’t at the test so I haven’t seen the team… I’ve just arrived here.
    I will find out tomorrow.
  • No, it’s no worry. I’m happy with what’s happening now and I don’t
    really need to worry about next year or any other years, so we will see
    what happens.
  • And would it be even better if also Marcus Grönholm was able to
    win the championship? – It’s good for him and good for Finland, but it
    doesn’t affect my life. I’m not that interested in it.
  • Q: (Peter Windsor – F1 Racing) Kimi, I’m sure you’re aware that,
    as a result of the seventeen laps you led in Hungary, McLaren Mercedes,
    for the first time this year, have now led more racing laps than the
    Mercedes safety car driven by Bernd Maylander. I just wonder how you
    see that battle developing in the remaining races and how strong
    McLaren will be versus the safety car. – Hopefully we can beat them. At
    least it’s the same company so it doesn’t really matter but we will see
    what happens.
  • Kimi, have you ever got angry about anything, and jumped up and down and shouted?
    Yeah, many times but of course you’re not happy if you retire or
    something but I guess it mostly happens more in normal life than in
    racing.
    Can you give us examples?
    No, not really.
    What are the kind of things that make you angry in normal life, as you say?
    If you keep asking questions like those.
  • I have not looked at what everyone else is doing and what teams are running, so we are just doing our own thing.
  • We will see where we are at some point, it is just too early to
    say. You see what times they are doing, but it is still hard to tell.
  • I don’t know much what is going on, I’m just waiting what’s gonna
    happen next and they always tell you, so I think so it’s more you just
    wait and see what happens and just try to do your best, but whatever it
    is, and it’s not easy, because they also know that they don’t expect us
    to be active so everybody does the best what they can and hopefully
    it’ll work well in the end.
  • (Sal Zanka – AP) And Kimi what advice would you seek from Michael
    as an incoming Ferrari driver? – As I said, it depends on many
    different things, but we will finish this year and then we will see
    what happens.
  • I don’t know what’s going to happen next year. So far, I just want
    to finish this season and do the best I can for McLaren and then we see
    next year and what’s going to happen, but I don’t really know.
  • When asked to comment on Hamilton’s crazy move at Fuji that ran
    everyone off at the first curve: – You have to learn how to find the
    breaking points already when you are six years old while starting in Go
    Karts. Obviously, you should know how it goes at this level. I don’t
    know about others but, at least, my father Matti put sticks on the
    right places for me and for my brother to know where to break. That’s
    how you learn that lesson the best and you remember it always where
    ever you race.
  • The car is certainly different, but do you feel different to last
    year? – I don’t know anything about a different feeling. It’s a new
    season, so it’s hard to know what to expect.
  • What about Felipe? Is he still the same guy he was last year or
    has he changed a lot? – I don’t know. You should ask him. I don’t know
    what he’s been doing, so if you want to know something about his life
    you should speak to him.
  • Who do you see as your main competitors this year? – It could be
    all tight – but then again, it might not be. I don’t know more than
    anybody else – I just see the times. That’s it.

hahahahaha… Kimi é realmente uma comedia…
Simplesmente amo essa sinceridade do Kimi, é uma das coisas que eu mais admiro nele.

Bjus, Ana Lú ☺